Caminhos Diferentes




Se tens o conhecimento exato disso ou daquilo, não menosprezes quem o ignore. Que será de tua verdade se não a utilizas para construir ou abençoar?

Esclarece amando.

A semente escondida no solo será talvez, de futuro, a árvore cujo fruto te favoreça e o tronco, aparentemente desprezível, entre os dedos hábeis do artesão, pode vir a ser o violino que interpretará os sonhos do gênio que ainda não conheces.

Sobretudo, se já adquiriste essa ou aquela qualidade enobrecida, traze-a no estojo da humildade, para que não incomodes a ninguém com o brilho que possas irradiar.

Que será de tua virtude, se não a empregas, em benefício dos outros? Socorre abençoando.

Certas plantas de gosto amargo possivelmente estão destinadas a fornecer-te medicamento, em tempo oportuno, e o charco socorrido é capaz de oferecer-te precioso jardim.

Não constranjas a ninguém com os teus pontos de vista. Nem sempre os outros seguirão teu caminho, tanto quanto desejas ou como poderias talvez esperar, mas terão em si e por si obrigações diferentes que lhes foram assinaladas pelo Sabedoria de Deus.

(Meimei)