O Homem Inteligente




Em verdade, o homem inteligente nao é aquele que apenas calcula, mas sim o que transfunde o próprio raciocínio em emoçao para compreender a vida e sublimá-la.

Podendo senhorear as riquezas do mundo, abstém-se do excesso para viver com simpliciddade, sem desrespeitar as necessidades alheias.

Guardando o conhecimento superior, nao se encastela no orgulho, mas aproxima-se do ignorante, para auxiliá-lo a instruir-se.

Disponde de meios para fazer com que o próximo se lhe escrevize o interesse, trabalha espontaneamente pelo prazer de servir.

E, entesourando virtudes inatacáveis, nao se furta à convivência com as vítimas do mal, agindo sem escárnio ou condenaçao, para libertá-las do vício.

O homem inteligente, segundo o padrao de Jesus, é aquele que, sendo grande, sabe apequenar-se para ajudar aos que caminham em subnível, consagrando-se ao bem dos outros, para que os outros lhe partilhem a ascensao para Deus.

(Emmanuel).