Você já pensou na relação Pais-delinqüência?



De acordo com o conselheiro Bill Glass, que passou 25 anos com homens encarcerados, nenhum dos centenas de prisioneiros que encontrou teve amor de seu pai. E Dave Simmons, autor do livro "Pai, conselheiro da família", conduziu um estudo que diz que cerca de 90% dos homens no corredor da morte odeia seu pai. A correlação entre problemas sociais e falta de afeição paterna tem sido notada repetidas vezes. Ser um pai amoroso não é crucial apenas para sua família, mas dita todo o futuro de nossa sociedade. Pais, vocês são importantes - para todos.

Lembre-se, sua família em primeiro lugar!