O Melhor Momento



Era 15 de junho, e em dois dias eu estaria completando trinta anos de idade. Eu estava inseguro sobre entrar em uma nova década de minha vida e temia que meus melhores anos estivessem agora atrás de mim.

Minha rotina diária incluía caminhar até o ginásio para um treinamento antes de ir trabalhar. Todas as manhãs via meu amigo, Nicholas, no ginásio. Ele tinha setenta e nove anos de idade e em forma maravilhosa. Pela forma como eu o cumprimentei neste dia, Nicholas notou que eu não estava com minha habitual vitalidade e perguntou se havia qualquer coisa errada.

Eu lhe disse que estava me sentindo ansioso sobre passar dos trinta. Eu quis saber como eu olharia para o passado quando alcançasse a idade de Nicholas, assim eu lhe perguntei:
- Qual foi o melhor momento de sua vida?

Sem hesitação, Nicholas respondeu:
- José, esta é minha filosófica resposta para a sua filosófica pergunta:

- Quando eu era criança, na Áustria e tinha os cuidados de meus pais, aquele era o melhor momento de minha vida.

- Quando ia para a escola e estava aprendendo as coisas que sei hoje, este era o melhor momento de minha vida.

- Quando arrumei meu primeiro emprego e tive responsabilidades e recompensa por meus esforços aquele era o melhor momento de minha vida.

- Quando conheci minha esposa e me apaixonei, este era o melhor momento de minha vida.

- A Segunda Guerra Mundial veio, e eu e minha esposa tivemos que deixar a Áustria para poupar nossas vidas. Quando estávamos juntos e seguros em um navio rumo a América, aquele era o melhor tempo de minha vida.

- Quando viemos para o Canadá e começamos uma família aquele era o melhor momento de minha vida.

- Quando eu era um jovem pai, enquanto assistia o crescimento de minhas crianças, aquele era o melhor momento de minha vida.

- E agora, José, eu tenho setenta e nove anos. Eu tenho minha saúde, me sinto bem e estou apaixonado por minha esposa da mesma maneira que eu era quando nós nos encontramos pela primeira vez. Este é o melhor momento de minha vida ".