O Passado e o Presente



Um velho sábio chinês estava caminhando por um campo de neve quando viu uma mulher chorando e pqergutou:
- Por que choras?"

- Porque me lembro do passado, da minha juventude, da beleza que via no espelho, dos homens que amei... Deus foi extremamente cruel comigo porque me deu memória. Ele sabia que eu ia sempre recordar da primavera da minha vida e chorar.

O sábio ficou contemplando o campo de neve, com o olhar fixo em determinado ponto. À determinada altura, a mulher parou de chorar e perguntou ao sábio:
- O que estás vendo aí?

- Um campo de rosas... Deus foi generoso comigo porque me deu memória. Ele sabia que, no inverno, eu poderia sempre recordar a primavera, e sorrir.

Isto serve para ilustrar algo que levei muito tempo para aprender. Não devemos lamentar as coisas que perdemos, mas alegrar-nos por tê-las possuído.

Neste mundo, tudo nos é emprestado pelo universo, para sermos "possuidor" por um determinado período. Acreditamos que isso acontece para que possamos treinar o desapego..