O Padre e o Homem



O homem chegou exausto no mosteiro e disse:
- Venho procurando Deus há muito tempo, talvez o senhor me ensine a maneira correta de encontra-Lo.

- Entre e veja nosso convento!
Disse o padre, pegando- o pelas mãos e levando-o até a capela.

- Aqui estão as mais belas obras de arte do século XVI, que retratam a vida do Senhor, e a Sua glória junto aos homens.

O homem aguardou, enquanto o padre explicava cada uma das belas pinturas e esculturas que adornavam a capela. No final, repetiu a pergunta: - Muito bonito tudo o que vi. Mas eu gostaria de aprender a maneira mais correta de encontrar Deus.

- Deus! - respondeu o padre. - Voce disse muito bem: Deus!

E levou o homem até o refeitório, onde estava sendo preparado o jantar dos monges:
- Olhe a sua volta: daqui a pouco será servido o jantar, e voce está convidado para comer conosco. Poderá ouvir a leitura das Escrituras, enquanto sacia sua fome.

- Não tenho fome, e já li todas as escrituras - insistiu o homem -. Quero aprender. Vim até aqui para encontrar Deus.

O padre de novo pegou o estranho pelas mãos, e começaram a caminhar pelo claustro, que circundava um belo jardim.
- Peço aos meus monges para manterem a grama sempre cortada, e que tirem as folhas secas da água da fonte que voce vê ali no meio. Penso que este é o mosteiro mais limpo de toda a região.
O estranho caminhou um pouco com o padre, depois pediu licença, dizendo que precisava ir embora.
- Você não vai ficar para jantar? perguntou o padre.

Enquanto montava no seu cavalo, o estranho comentou:
- Parabéns por sua bela igreja, pelo refeitório acolhedor, pelo pátio impecavelmente limpo. Entretanto, eu viajei muitas léguas apenas para aprender a encontrar Deus, e não para deslumbrar-me com eficiencia, conforto, e disciplina.

Um trovão caiu do céu, o cavalo relinchou forte, e a terra foi sacudida. De repente, o estranho tirou seu disfarce, e padre viu que estava diante de Jesus.
- Deus está onde O deixam entrar - disse Jesus. - Mas voces fecharam a porta deste mosteiro para ele, usando regras, orgulho, riqueza, ostentação. Da próxima vez que um estranho se aproximar pedindo para encontrar Deus, não mostre o que voces conseguiram em nome Dele: escute a pergunta, e tente responde-la com amor, caridade, e simplicidade.

Dizendo isso, desapareceu.