A ALMA DE DEUS


Eterna seria minha alma
se ela pudesse te escrever uma palavra
se tivesse o dom de alinhar os desajustados
ou quem sabe cativar os desabrigados
ela seria eterna se tivesse nos astros
se socorresem os náufragos
se te amasse em plena evaporação do pensamento,
seria se quisesse e não te destruísse
se te abrigasse e não te desamparasse
se te entendesse e não te ignorasse.

Eterna seria minha alma
se pudesse acariciar a tua face
em vez de mascarar teus sonhos
se pudesse cobrir-te de beijos
ou simplesmente amar teus filhos.

Eterna e para sempre eterna ela seria
se pudesse caminhar contigo
amanhecer contigo
e viver contigo
e viveria sem interesses
apenas germinaria
todas as vezes que te visse
no mar, no céu, num luar...
na noite, na vida nos homens...
e tu serias em mim
a eterna alma de luz e esperança
de paz e bonança
a alma eterna de Deus...

(Fernando Barbosa Filho)