PALAVRAS MUDAS


Queria agora, neste exato momento, escrever o que sinto por ti
Meu Homem-Amor que sabe amar a mim e a vida com extensão
Da sua grandiosa alma. Não encontro palavras
Para o que me vem na alma,

Alma esta que você ensinou a ser grande....
A ter luz própria....
Pela sabedoria daqueles que são próprios...
Pela grandeza dos sentimentos.

Procuro nas palavras, mas estas calam, silenciam...
Tornam-se palavras mudas, ao demonstrar meu amor através delas.
Mas, eu as compreendo, porque calam dentro de mim os sentimentos
Quando tento o meu amor escrever....

Como explicar?

Esta alma, este amor, não pertencem a este mundo, está além...
Na eternidade, na simplicidade, no silêncio de um coração,
Que apenas sabe o que é amar
Mas, não encontra palavras para este amor explicar!!!

(Cida Andrade Souza)