DESEJOS


Eu quero a estrela de maior brilho
Que cintila no centro do universo
Eu quero o seu brilho mais intenso
No caminho do meu amor - eu quero.

Eu quero sentir deslizar sobre mim
A mais pura relva do amanhecer, sim !
Quero o impossível - os beijos seus
Arrepiando meu corpo colado ao seu.

Quero provocar-lhe com os meus beijos
Rebuliços ao trocar com os seus
Que não se passe apenas de quimeras
Ou por simples alucinação de desejos.

Ou premonições d'um futuro incerto
A cumprir passos e fases num universo
De idéias, belezas e desejos infinitos
E despido expor em poesia e verso.

Joselito dos Santos